ESTOMA - Sexualidade


 
Sexualidade é parte integrante e fundamental do processo de viver do ser humano, porém é um aspecto pouco abordado pelos profissionais de saúde que assistem a pessoa com estomia, o que contribui para que poucas intervenções sejam realizadas. 

Sabemos que ter uma estomia pode gerar sentimentos de insegurança, incerteza, angústia e vergonha. A adaptação e reabilitação é um processo longo e dinâmico, que difere de maneira significativa de pessoa para pessoa. A maneira que a pessoa se ajusta à nova imagem corporal impacta sobre sua capacidade de estabelecer relações pessoais, experimentar e expressar sua sexualidade. Durante esse período, é importante em primeiro lugar, se respeitar. Além de contar com o apoio do parceiro(a) e suporte de um psicólogo. 

A radicalidade de alguns procedimentos cirúrgicos pode provocar alguns distúrbios urológicos e sexuais. Portanto, problemas na relação sexual dependem também do tipo de cirurgia a qual você foi submetido.

Geralmente, a sexualidade pode ser retomada assim que se sinta bem e após liberação médica. 

De minha parte, algumas #estomatips para o momento: 
  • Se sua bolsa for drenável, lembre-se de esvaziá-la. Se for fechada, você pode trocá-la por uma nova. 
  • Algumas pessoas com colostomia definitiva podem se beneficiar dos oclusores, porém requer indicação médica.
  • Dê preferência a bolsas opacas ou opte por capas para estomia.
  • Use peças íntimas que disfarcem a bolsa.
  • Se tiver uma urostomia, diminua a ingestão de líquidos algumas horas antes da relação. 
Para saber mais sobre estomias, continue navegando pelo blog ou mande sua dúvida através dos comentários.

Até o próximo café!
________________________________

Enfa. Lilian Nogueira | Estomaterapeuta | COREN-SP 337.986

Comentários